terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Simulador que treina novos motoristas chega a Rio Branco

Um equipamento que reproduz em detalhes as situações que o motorista enfrenta no seu dia a dia, por meio da realidade virtual, vai estar disponível para demonstração a população de Rio Branco, no período de 21 a 23 deste mês. A abertura do evento será às 17 horas, no Via Verde Shopping.

O simulador já passou por diversas cidades brasileiras (Foto: Divulgação)
O simulador já passou por diversas cidades brasileiras (Foto: Divulgação)
A atividade é realizada pelo governo do Estado, em parceria como Ministério das Cidades e Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Faz parte do Pacto Nacional pela Redução de Acidentes (Parada pela Vida), que tem como objetivo reduzir em 50% o número de acidentes de trânsito em todo o país.

A coordenadora do Denatran, Cristina Hoffman, vai estar presente na abertura da ação. Ela explica que o órgão vem desenvolvendo diversas ações educacionais e uma delas é a melhoria da formação do condutor.

O simulador já passou por diversas cidades brasileiras. Serve como aula pré-prática e possibilita ao condutor aprendiz o contato com técnicas utilizadas para guiar em diversas situações, como pista molhada, estrada com curvas e pista de terra, fazendo com que o aluno aprenda com seus próprios erros e não coloque a si mesmo nem os outros em situação de risco.

A diretora do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Sawana Carvalho, destaca que a tecnologia utilizada no equipamento é a mesma que auxilia na preparação de pilotos de avião e Fórmula 1. “Posteriormente queremos implantar esse mesmo treinamento na formação do condutor acreano, pois proporciona maior segurança para o aluno quando ele tiver que sair na rua, pois já terá noções de câmbio e também reações de coordenação de volante e pedais”, afirma Sawana.

Estudos realizados pelo Nactional Center Injury (instituto do governo americano) apontam que o uso de simuladores na formação do motorista diminui em 50% o número de acidentes envolvendo pessoas com até dois anos de habilitação. “Diante desse número, percebe-se que a tecnologia da realidade virtual permite formar motoristas realmente capacitados para prever e evitar acidentes”, enfatiza a diretora do Detran.

Jannice Dantas (Assessoria Detran)

Nenhum comentário:

Postar um comentário