segunda-feira, 1 de junho de 2015

Comando-Geral da PM justifica prisão de policial militar

Uma notícia envolvendo um sargento e um soldado da Policia Militar de Tarauacá passou a circular nas redes sociais, na manhã de sábado, 30, informando que o soldado identificado como Laercio Moura, estava preso no quartel por não prestar continência ao superior, o sargento Adson Leite.
Segundo a notícia, o soldado estaria de serviço no quartel quando foi surpreendido pelo sargento, que lhe deu voz de prisão, alegando que o soldado teria passado por ele sem prestar a devida continência, que é considerada como obrigatória entre militares.
Ainda segundo a notícia, o soldado é estudante da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e, para fazer uma prova do curso, teve que ir escoltado por outros militares.
Segundo o Comando da PM na cidade, o militar foi preso, mas não por não prestar a devida continência como diziaa a notícia, mas por ter desacatado o sargento Adson Leitem que ao perguntar se o soldado não havia realizado nenhuma apreensão, o soldado com grosseria.
Por Lylia Camargo - Ac24Horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário