quarta-feira, 17 de abril de 2013

Índia Kaxinawá é selecionada para exposição Mulher Artesã Brasileira em Nova Iorque

Artesã indígena foi escolhida entre 15 participantes em 12 estados/Foto: Assessoria Setul

O Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e a Associação Brasileira de Exportação de Artesanato (Abexa), tornam público, no início desta semana, a seleção das artesãs para a exposição Mulher Artesã Brasileira, a ser realizada na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, Estados Unidos, no mês de setembro de 2013. Entre as selecionadas, está a acreana Raimunda Pinheiro (Kaxinawa).
  
A artesã, que faz parte da Associação das Produtoras de Artesanato das Mulheres Indígenas Kaxinawa, de Tarauacá e Jordão, foi selecionada entre 15 artesãs em 12 Estados, sendo considerada a que melhor representa o artesanato brasileiro.

Também compõem o programa as ações de pesquisa, documentação,reflexão e divulgação através da produção visual contemporânea brasileira, em forma de publicações específicas (livro de arte e documentário) para estabelecer um intercâmbio entre as diversas realidades regionais.

A avaliação dos projetos inscritos e das respectivas proponentes foi realizada por uma comissão composta por profissionais da Abaxa, Programa do Artesanato Brasileiro do Ministério do Desenvolvimento (PAB), Indústria e Comércio Exterior (MDIC), e do Sebrae, no dia 12 de março, com objetivo de verificar se as proponentes cumpriam as exigências da exposição.

(Assessoria SETUL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário