quinta-feira, 19 de julho de 2012

Governo divulga quanto ganha cada servidor do estado



Numa iniciativa inédita e considerada um avanço em tempos de transparência pública, o governo Tião Viana passa a publicar na internet os salários de todos os seus mais de 34 mil servidores ativos. Como no restante do país e seguindo o exemplo do governo federal, o Palácio Rio Branco vai tornando acessível ao contribuinte a forma como os recursos dos impostos são gastos.
No topo da lista está o governador Tião Viana. O salário de Viana é de R$ 24.117,62. Com os descontos em folha –como Imposto de Renda – ele tem um salário liquido de R$ 14.661. Os secretários de Tião Viana têm um ganho mensal em torno de R$ 19 mil. Os secretários adjuntos contam com salário de R$ 17 mil.
De acordo com o Controlador Geral do Estado, Edson Américo Macnhini, a divulgação dos salários dos servidores está entre as fases finais de adaptação do Estado à Lei de Acesso à Informação (LAI), que na última segunda-feira (16) completou dois meses em vigor. Este foi o prazo estabelecido pela LAI para que União, Estados e Municípios se adaptassem às novas normas.
“Nós estamos em evolução e em processo de adaptação, hoje a transparência é a regra, e não exceção”, diz o controlador. Outra fase que o Acre avançou foi quanto à classificação das informações. Segundo ele, informações tidas como estratégicas do Estado serão consideradas como sigilosas e inacessíveis por um prazo de cinco anos, prorrogável por igual período.
De acordo com Manchini, entre estes dados estão a segurança pessoal do governador e do vice. O chefe da CGE afirma que em semanas todos os órgãos do Estado terão seu próprio portal da transparência. “Ao invés de catar pela informação, o cidadão poderá ir direto à página da secretaria de interesse”, explicou ele.
De acordo com Manchini, o Acre terá acesso nos próximos dias ao e-SIC, o sistema que permitirá ao contribuinte requerer informações a partir da internet. Uma parceria com a Controladoria Geral da União (CGU) fará com que o Acre opere o mesmo sistema em uso pelo governo federal.
Quando ao Serviço de Informação ao Cidadão (SIC) físico, ele adianta que todos aqueles órgãos em que não há uma sala específica, funcionários foram treinados para receber os pedidos. “Nós estamos praticamente com a LAI aplicada em sua totalidade, restam apenas algumas adaptações que serão superadas”, assegura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário